Conferência de imprensa sobre COVID19 – 15 de julho

O Diretor Nacional da Saúde, Artur Correia, dirigiu, na tarde desta quarta-feira, a habitual conferência de imprensa diária sobre a evolução epidemiológica da COVID-19 no país, referente a este dia.

As informações anunciadas relativamente aos resultados das amostras analisadas, até às 15 horas de hoje, foram as seguintes:

Amostras analisadas: 701, a nível nacional.

Casos positivos: 58, sendo 23 na ilha do Sal, 15 na Praia, 12 na ilha de São Nicolau, 5 em Santa Cruz, 1 em Santa Catarina, 1 em Ribeira Grande de Santiago e 1 na ilha de São Vicente.

Casos ativos: 923, a nível nacional.

Casos recuperados: registou-se mais 42 novos casos recuperados, esta quarta-feira, sendo 25 na Praia, 14 na ilha do Sal, 2 em Santa Cruz e 1 em Ribeira Grande de Santo Antão, totalizando assim 892, a nível nacional, até o momento.

Casos suspeitos: 11, sendo 6 em Santa Catarina, 4 no Tarrafal de Santiago e 1 na ilha do Sal.

Resumidamente, o país regista, até o momento, um total de 1837 casos acumulados de COVID-19, dos quais 892 recuperados e 19 óbitos.

Artur Correia informou que, a nível nacional, um total de 15 pessoas encontram-se em internamentos hospitalares, dos quais 3 a carecer de mais cuidados e dois em ventilação. Especificou que dos 3 pacientes que inspiram de mais cuidados, 2 encontram-se no Hospital Regional Ramiro Figueira e que o outro está no Hospital Regional Santa Rita Vieira. Quanto àqueles que estão em ventilação, estão internados no Hospital Agostinho Neto.

Conforme anunciou, até o momento, já foram realizados, a nível nacional, mais de 35.000 testes rápidos, com destaque para os concelhos da Praia, Tarrafal de Santiago, Santa Cruz, Ribeira Grande de Santo Antão, Porto Novo, São Domingos, Ribeira Brava e as ilhas de São Vicente, Sal, Boa Vista, Maio e Brava.

Em relação à taxa de reprodução da COVID-19, o Diretor Nacional da Saúde fez saber que, de 1 de julho a esta parte, o número mínimo registado, a nível dos concelhos afetados, foi de 0.62 e que o máximo registado foi de 2.5, tendo ocorrido no dia 2 de julho no concelho de Santa Catarina.

No que se refere à interrupção da linha verde 8001112, desde o passado sábado, devido à paralisação dos serviços de telecomunicações em todo o país, Correia admitiu que este problema tem causado muitos constrangimentos para os utentes. Entretanto, afirmou que trata-se de um problema pontual que será resolvido brevemente.

Quanto ao reforço técnico na ilha de São Nicolau, face à atual situação epidemiológica da ilha, avançou que equipas compostas por profissionais de saúde estão sendo preparadas para dar apoio nessa ilha e que também pretende-se fazer contratação de mais enfermeiros.  

De referir que na mesma ocasião, o Ministério da Saúde e da Segurança Social emitiu um comunicado informando que, nos próximos dias, a conferência de imprensa sobre a evolução da COVID-19 no país terá lugar três vezes por semana, sendo nas segundas, quartas e sextas-feiras.

para mais informação segue o link: https://www.facebook.com/ministeriodasaude.cv/videos/746427219521638

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados