Conferência de Imprensa: Balanço diário sobre a evolução da COVID -19 – 25 de abril 2020

Na tarde deste sábado, 25 de abril, o Diretor Nacional de Saúde, Artur Correia, avançou em habitual conferência de imprensa, a partir do Palácio do Governo, as informações diárias sobre a COVID-19.
No primeiro momento, foram atualizados os dados de hoje, em relação aos resultados de exames realizados ontem no laboratório de virologia, no decurso do processo de investigação epidemiológica:

Das 60 amostras analisadas:
• Foram diagnosticados 2 positivos (1 Cidade da Praia, 1 do Concelho do Tarrafal – Santiago)
• E 53 deram resultados negativos (Boa Vista-20; Praia- 19; Tarrafal Santiago -7; Fogo-3; Cidade Velha -4
• Pendentes:5 (Praia-3; Boa Vista-2)

Em formato de balanço global, segundo o DNS Cabo Verde até o momento registou 90 casos positivos de COVID-19, sendo 54 na ilha da Boa Vista, 32 no concelho da Praia, 2 no concelho do Tarrafal, 1 em São Domingos e 1 em São Vicente.

Até hoje, segundo Artur Correia tem ainda 206 amostras pendentes cujo resultados poderão ser conhecidas nas próximas horas, sendo 141 da Boa vista e 65 da Praia. 93 em quarentena domiciliar e 298 pessoas em quarente obrigatória a nível nacional sendo a maioria no conselho da Praia (291).

O DNS apontou como grande desafio, a continuidade do cumprimento das orientações preventivas após o término do Estado de Emergência, e é neste sentido que garantiu que a Sistema Nacional de Saúde está empenhada em dar a sua contribuição como entidade sanitária, para evitar a propagação do vírus.

A Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, por seu turno, tendo em conta que algumas ilhas vão sair do estado de emergência, apelou que nesta ilhas se continuem cumprindo as medidas preventivas, nomeadamente, a utilização de máscaras explicando que devem ser associadas a outras medidas de prevenção, nomeadamente lavagem das mãos, distanciamento social, e evitar o conctato das mãos com as máscaras enquanto estiver utilizando. Reforçou que a utilização das mascaras de pano devem obedecer as normas de fabrico em que a ERIS Entidade Reguladora Independente da Saúde esta estabelecendo e que as mascaras são individuas, e devem ser lavadas com água e sabão ou solução desinfectante e passadas a ferro antes do uso.

O Ministério da Saúde reforça o apelo para que as pessoas fiquem em casa e tomem os devidos cuidados para evitar a propagação do COVID19.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados