Conferencia de Imprensa diária sobre COVID19 – 02 de junho de 2020

A equipa do Ministério da Saúde que esteve hoje na conferencia de imprensa diária, o Diretor Nacional da Saúde, Artur Correia a Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, e o Diretor do Gabinete dos Serviços Farmacêuticos, Bruno Santos, atualizaram as seguintes informações:

Casos suspeitos: 2 sendo 1 em São Lourenço do Órgãos e 1 na Ilha da Boa Vista.

Casos positivos: 8 sendo 4 na Praia incluindo 1 importando do Sal, 3 na ilha do Sal e 1 em Santa Cruz.

Pessoas internadas: 222 sendo 213 na Praia, 1 em Tarrafal, 3 em Santa Cruz, 4 no Sal e 1 em São Vicente.

Recuperados: 237 sendo uma boa noticia porque pela primeira vez o número de recuperados ultrapassou o número de doentes ativos.

Pessoas em quarentena: 933 sendo 463 na Praia, 16 no Tarrafal, 1 em São Lourenço dos Órgãos, 7 na Ilha do Maio, 315 em São Vicente, 67 no Sal e 62 em São Nicolau.

Artur Coreia disse que este número aumentou grandemente por causa da investigação epidemiologia feita a partir dos casos positivos, dos navios que saíram da ilha do Sal para São Vicente e das pessoas que estão sendo repatriadas do exterior.

Até o momento o país soma 466 casos positivos, 237 recuperados e 5 óbitos.

Questionado sobre a origem do primeiro caso positivo de COVID19 na ilha do Sal, o Diretor Nacional da Saúde esclareceu que ainda se está a seguir uma linha de investigação para determinar a origem da infeção. Salientou também que o Ministério da Saúde sempre tem alertado que mesmo nas ilhas ainda sem casos devem ser mantidas as medidas de prevenção, realçando que algum estudo internacional na europa tem demostrado que existem evidencias que o novo coronavírus já tinha circulado na população europeia desde o mês de novembro.

Já a Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, falou que para pacientes que estão internados e cujos os resultados para controlo deram inconclusivos, pode estar relacionado com vários fatores nomeadamente a qualidade da amostra e a carga viral e por isso as pessoas devem continuar em isolamento até que os resultados sejam negativos.

Respondendo aos jornalistas, o Diretor do Gabinete do Serviços Farmacêuticos do Ministério da Saúde, Bruno Santos esclareceu que até o momento não existe nenhum medicamento comprovado cientificamente que cura a covid19, isso respondendo à pergunta sobre a variedades de receitas de chás para cura de COIVID19 que circulam nas redes sociais.

E por fim, em relação ao caso positivo diagnosticado hoje na Praia importando da ilha do Sal, o Diretor Nacional da Saúde disse que o teste foi feito na cidade da Praia a uma pessoa que chegou recentemente da ilha do Sal e o resultado deu positivo. informou que existe orientações para a realização de teste rápidos em pessoas evacuadas de uma ilha sem casos para ilha com casos e teste PCR em pessoas evacuadas de uma ilha com casos para ilha sem casos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados