Conferência de imprensa diária sobre COVID19 – 20 de maio de 2020

Dos registos de hoje, o Diretor dos Serviços de Prevenção e Controlo de Doenças da DNS, Jorge Noel Barreto e a Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, comunicaram as seguintes informações:

Amostras analisadas: 184 sendo 183 para fins de diagnósticos e 1 para controlo de doentes em seguimento.

Casos positivos: 15 casos novos, sendo 14 no concelho da Praia e 1 em Santa Cruz e que tem uma relação com o caso identificado anteriormente.

Casos suspeitos: 8 sendo 6 na Praia, 1 da Boa Vista e 1 de Tarrafal de Santiago.

Pessoas internadas: 259 sendo 253 na Praia, 2 no Tarrafal, dois em Santa Cruz e 2 em Boa Vista.

Recuperados: 85, o número manteve-se nas últimas 24 horas.

Pessoas em quarentena: 316 sendo 257 na Praia, 30 em Santa Cruz, 2 no Tarrafal, 9 em São Lourenço dos Órgãos e 18 em São Domingos.

Em relação a distribuição dos casos positivos e das amostras analisadas, verifica-se que a grande maioria das amostras dão o resultado negativo.

Sobre os 2 casos pendentes da cadeia de são martinho, ainda não há resultados.

Informou que grande maioria dos diagnósticos cerca de 77% são de casos assintomáticos e cerca de 27% são de pessoas com sintomas e sinais sugestivos de covid19. Regista-se que a Praia alberga 80% dos casos positivos da doença, a taxa de letalidade geral situa-se em 0.6% e para as pessoas com mais de 60 anos situa-se em 9,3%.

Em relação ao registo de casos por faixa etária, Jorge Noel Barreto informou que até o momento, regista-se 23 crianças dos 0 aos 9 anos como diagnóstico de covid19, representando 6,6% dos casos e jovens dos 10 aos 19 são 36 representando 17%. Sobre o estado de saúde das crianças, Barreto comunicou que são assintomáticas e sem critérios de gravidade.

Instado a falar sobre o processo de desinfeção das ruas e casas, face a última recomendação da OMS, o Diretor dos Serviços de Prevenção e Controlo de Doenças esclareceu que esta situação de pandemia de covid19 é nova e está a se aprender todos os dias. No entanto aquilo que a OMS não recomenda é a pulverização, por falta de evidência cientifica da sua eficácia, mas recomenda a limpeza e lavagem de superfícies. Neste sentido o país tem adotado esta prática utilizando hipoclorito de sódio em concentrações não prejudicial a saúde.

A Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública chamou atenção da população em geral para continuarem a cumprir com as medidas preventivas tanto nas ilhas sem casos e fora do estado de Emergência como na ilha de Santiago, colocando a tónica no distanciamento social, uso correto das máscaras, e um senso de compromisso responsabilidade de cada cidadão para a prevenção e proteção de todos.

Sobre a questão de massificação de teste, Maria da Luz Lima esclareceu que os testes têm sido aplicados seguido as recomendações da OMS e as normas internacionais para aplicação dos mesmos.

Até hoje, o número total de casos confirmados acumulados em Cabo Verde passa a 349, sendo Praia com 282 casos, Boa Vista com 56 casos, São Vicente com 3 casos, São Domingos com 4 casos, Tarrafal com 2 casos e Santa Cruz com 2 casos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados