Conferência de imprensa sobre COVID-19, de 02 de novembro de 2020

Conferência de imprensa sobre COVID-19, de 02 de novembro de 2020

O balanço semanal sobre a evolução epidemiológica da COVID-19 no país, bem como a atualização dos dados desta segunda-feira, foi feito pelo Diretor do Serviço de Controlo e Prevenção de Doenças Prioritárias, Jorge Noel Barreto, acompanhado da Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, na habitual conferência de imprensa.

Até às 15 horas deste dia, os resultados verificados das amostras analisadas foram os seguintes:

Amostras analisadas: 288, a nível nacional.

Casos positivos: 34, sendo 25 na Praia, 5 em Santa Catarina de Santiago, 3 em Santa Catarina do Fogo e 1 na Ilha de São Vicente.

Doentes ativos: 675, a nível nacional, sendo 363 na Praia.

Casos recuperados: mais 98 pessoas receberam alta, neste dia, das quais 61 na Praia, 14 em Santa Catarina de Santiago, 6 na Ilha de São Vicente, 5 em São Filipe, 3 em Ribeira Grande de Santiago, 3 em São Domingos, 2 em São Lourenço dos Órgãos, 2 na Ilha do Sal, 1 em São Salvador do Mundo e 1 em São Miguel.

Casos suspeitos: 25, sendo 9 em Santa Catarina de Santiago, 8 em São Filipe, 3 na Praia, 3 no Porto Novo, 1 em Ribeira Grande de Santiago e 1 em São Domingos.

Resumidamente, o país contabiliza, até o momento, um total de 8882 casos acumulados da COVID-19, dos quais 8110 recuperados e 95 óbitos, equivalente a uma taxa de letalidade de 1%.

Relativamente aos doentes em internamento hospitalar, o Diretor do Serviço de Controlo e Prevenção de Doenças Prioritárias anunciou que, neste dia, há registos de 19 pessoas internadas, das quais 9 no Hospital Agostinho Neto, sendo 2 em estado crítico, 4 no Hospital Regional Santa Rita Vieira, 4 no Hospital Baptista de Sousa, 1 no Hospital Regional João Morais e 1 no Hospital Regional São Francisco de Assis.

Na mesma ocasião fez também um breve balanço daquilo que foi a evolução epidemiológica do mês de outubro, tendo avançado as seguintes informações: do dia 5 a 18 de outubro foram analisadas 7090 amostras, das quais 1371 revelaram-se positivas, representando uma média de 98 casos diários; de 19 de outubro a 1 de novembro foram analisadas 7149 amostras, das quais 1084 foram positivas, equivalente a uma média de 77 casos diários.

No que se refere ao número de testes PCR realizados, informou que foram um total de 15740, sendo 2718 positivos.

Também notificou que a taxa de incidência registada nos últimos 14 dias, a nível nacional, foi de 166 casos por 100 mil habitantes. Em relação aos concelhos, avançou os seguintes dados: Praia com 356 casos novos e uma taxa de incidência de 209 casos por 100 habitantes; São Filipe com 217 novos casos e uma taxa de incidência de 1085 por 100 mil habitantes; Boa Vista com 60 novos casos e uma taxa de incidência de 315 por 100 mil habitantes; Paúl com 47 novos casos e uma taxa de incidência de 903 por 100 mil habitantes e; Sal com 5 novos casos e uma taxa de incidência de 12 por 100 mil.

Quanto à taxa de reproduções (RT), no país, disse que é de 0,82%, o que significa que cada 100 pessoas doentes estariam a infetar mais 82 pessoas. No Concelho da Praia, em particular, informou que essa taxa é de 0,66%.

Ao concluir a sua comunicação, Barreto fez a leitura da evolução epidemiológica do mês findo e considerou haver uma “tendência de estabilização ou diminuição”, porém que deve ser dita “com muita cautela”, uma vez que são dados provisórios, pois existem ainda amostras pendentes, do mês em questão, a aguardar para serem analisadas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados