Conferência de imprensa sobre COVID-19, de 23 de setembro de 2020

Conferência de imprensa sobre COVID-19, de 23 de setembro de 2020

O Diretor Nacional da Saúde, Artur Correia, dirigiu a conferência de imprensa, desta quarta-feira, dando conta dos dados relativos à evolução epidemiológica da COVID-19 no país.

Até às 15 horas deste dia, as amostras analisadas revelaram os seguintes resultados:

Amostras analisadas: 506, a nível nacional.

Casos positivos: 75, sendo 42 na Praia, 11 em Ribeira Grande de Santiago, 5 em Santa Catarina, 4 no Tarrafal de Santiago, 3 em São Lourenço dos Órgãos, 2 em Santa Cruz, 2 em São Filipe, 2 nos Mosteiros, 2 na Ilha da Boa Vista, 1 na Ilha de São Vicente e 1 na Ilha do Sal.

Doentes ativos: 519, a nível nacional, dos quais 333 na Praia.

Casos recuperados: mais 95 pessoas receberam alta, nesta quarta-feira, sendo 73 na Praia, 16 em São Miguel, 2 em Ribeira Grande de Santiago, 2 no Tarrafal de Santiago, 1 em Santa Catarina e 1 em Santa Cruz.

Resumidamente, o país contabiliza, até o momento, um total de 5412 casos acumulados da COVID-19, dos quais 4837 recuperados e 54 óbitos.

O Diretor Nacional da Saúde informou que, neste dia, o país registou mais 2 óbitos associados à COVID-19, nos Concelhos de Santa Cruz e Tarrafal de Santiago. Relativamente a essas vítimas, especificou que se trata de uma jovem de 31 anos e de um homem de 91 anos, e que ambos tinham outras doenças associadas.

Em relação ao número de testes rápidos realizados, a nível nacional, Artur Correia comunicou que, até o momento, soma-se um total de 57.719 testes, sendo 336 realizados neste dia, dos quais 32 revelaram-se positivos.  

No que se refere ao internamento hospitalar, anunciou que há registos de 23 doentes internados, sendo 11 no Hospital Agostinho Neto, dos quais 2 em estado crítico, 6 no Hospital Regional Santa Rita Vieira, 3 no Hospital Regional São Francisco de Assis, dos quais 1 em estado instável, 2 no Hospital Regional João Morais e 1 no Hospital Baptista de Sousa.

O Diretor Nacional da Saúde notificou ainda alguns bairros da Cidade da Praia que, de momento, registam maior número de casos de COVID-19 e destacou Achada Santo António como sendo a mais afetada com registo de 404 casos, seguido de Palmarejo com 290, Achadinha com 171, Ponta d’Água com 162, Tira-Chapéu com 161, Várzea com 133, Achada Grande Trás com 128, Eugénio Lima com 125, São Martinho Pequeno com 119, Calabaceira com 108, Terra-Branca com 107 e Achada São Filipe com 104.

Na mesma ocasião, Artur Correia também reforçou o apelo às pessoas que estão a fazer o isolamento domiciliar, tanto as que testaram positivas quanto aquelas que estão a aguardar pelos resultados, para que sejam responsáveis e cumpram todas as orientações das autoridades sanitárias, de modo a evitar que haja a propagação da doença nos seus lares. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados