O Ministro da Saúde e da Segurança Social e o Ministro da Agricultura e Ambiente reuniram com a Comissão Multissectorial da INC-CV para tomarem pulso do funcionamento da organização no contexto da pandemia da Covid-19

Na última sexta-feira, 20 de novembro, estiveram reunidos o Ministério da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário e o Ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva com os membros da Comissão Multissectorial da Instância Nacional de Coordenação para Estratégia “Uma Só Saúde”, designadamente o INSP, a DNS, a DGASP e a DNA, representados pelos seus diretores.

O objetivo deste encontro foi apresentar aos dois membros do governo responsáveis pelas áreas de intervenção da saúde humana, animal e ambiental, o ponto da implementação da Instancia Nacional de Coordenação de Cabo Verde, as ações realizadas no âmbito da pandemia de covid-19 e os desafios que se impõe para os próximos tempos, bem como o ponto da situação de operacionalização do Centro Nacional de Operações de Emergência em Saúde Pública.

O Administrador Executivo do INSP em representação da Presidente do INSP, que preside a Comissão Multissectorial da INC-CV, apontou que os desafios que se afiguram para a organização nos próximos tempos têm a ver com o financiamento das atividades, melhorias na articulação entre os sectores intervenientes, a descentralização a nível operacional, a assunção da estratégia “Uma Só saúde” na agenda política nacional e melhoria na partilha de informação para a resposta às emergências em saúde.

O Ministro da Saúde de Segurança Social, Arlindo do Rosário, salientou que esta reunião acontece “em boa hora”, pois o governo tem elegido o sector da saúde e a questão da segurança sanitária do país como eixo fundamental para o desenvolvimento de Cabo Verde.

“Nota-se que muito já se tem feito, com o somatório das ações de cada sector envolvido, mas também é percetível que há espaços para melhorias e sobretudo na integração dos esforços de cada sector.”

Para o Ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, é necessário trabalhar para a melhoria dos critérios de avaliação dos riscos epidemiológicos, uma vez que, os riscos associados tanto á saúde humana, animal e ambiental concorrem para a segurança sanitária interna. Silva, ainda, recomendou que se integre nesta comissão a questão da segurança nutricional através do programa de segurança nutricional.

Como recomendações saídas do encontro, os ministros reforçaram a necessidade de se produzir anualmente um relatório sobre a situação da estratégia “Uma Só Saúde” que pode ser apreciado em Conselho de Ministros ou ainda pelo Parlamento, no sentido de começar a integrar as recomendações, na agenda política nacional bem como na planificação estratégica do país.

De salientar que a Comissão Multissectorial para INC-CV é composta pela Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), instituição que preside a Comissão, o Diretor Nacional da Saúde (DNS), a Direção Nacional do Ambiente (DNA)e a Direção Geral da Agricultura Silvicultura e Pecuária (DGASP).

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados