Primeiro-ministro e Ministro da Saúde satisfeitos com a taxa de vacinação em São Domingos e R.G. Santiago

O Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, acompanhado de Ministro da Saúde Arlindo o Rosário, de visita aos postos de vacinação em São Domingos e Ribeira Grande de Santiago, hoje 18 de agosto, considera que tem havido uma boa adesão da população à campanha de vacinação nestes municípios.

No termino da visita, o Chefe do Governo sublinhou que será garantido mais meios no sentido de haver ainda melhores respostas efetivas com a contratação de mais enfermeiros e criação de mais postos de vacinação. O objetivo é atingir a meta determinada pelo governo que é de atingir pelo menos 70% da população elegível vacinada até ao final do ano.

Confrontado com a questão das populações que morram em zonas altas, qual seria a estratégia de os alcançar, Ulisses Correia e Silva disse que lá onde houver dificuldades das populações se dirigirem aos postos fixos de vacinação, as equipas irão se deslocar a estas comunidades e assegurou que isso tem sido uma prática em todos os concelhos de Cabo Verde.

Segundo frisou “agora estamos no período de chuvas e as pessoas vão fazer os trabalhos de terra e por isso, temos de ter condições de fazer mais ações de proximidade e nós queremos atingir, de facto, todas as pessoas. Máximo de pessoas vacinadas é máximo de proteção e de condições para retomar a vida normal.”

O Primeiro –ministro disse também que para a faixa etária de menores de 18 anos ainda não foi definido a estratégia, mas garantiu que caso houver recomendações neste sentido, o país estará pronto seguindo as orientações da Direção Nacional da Saúde.

Relacionado a abertura do ano escolar, o chefe do Governo considerou que de facto é uma “preocupação” que a abertura do ano escolar aconteça com todos os professores e funcionários de escolas vacinados, incluindo alunos com idade igual ou superior a 18 anos, isto no ensino secundário e superior.

Ulisses Correia e Silva garantiu que vai ser aprovado uma nova resolução trazendo estas exigências para o sector do ensino no país.

“Ou teste regular ou vacina, mas estou em crer que as pessoas vão preferir a vacina, porque a vacina não custa, não doe, protege as pessoas e ainda é gratuita.”

Do programa de visita do Primeiro-ministro e do Ministro da Saúde aos postos de vacinação nos municípios de São Domingos e Ribeira Grande de Santiago, constaram também a visita aos Paços dos Concelhos, onde mantiveram encontros com os respetivos Presidentes de Câmaras Municipais, nomeadamente o autarca Isaías Varela e o autarca Nelson Morreira.

A taxa de vacinação no Município de São Domingos ronda os 65% segundo dados avançados pela Delegada de Saúde Local, Sandra Brito e no Município de Ribeira Grande de Santiago é de 57% até o dia 17 de agosto, de acordo com a delegada de saúde, Ullardina Furtado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados