Vacinação em São Vicente está com boa dinâmica

O Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, que falava à imprensa após encontrar-se com o Delegado de Saúde de São Vicente, disse que o processo de vacinação na ilha “está com uma dinâmica muito boa e com boa adesão da população”.

Afirmou que São Vicente já tem 82,6% da população vacinada com a primeira dose e 28% com a segunda dose. Outro dado a ressaltar, conforme Arlindo do Rosário, é que São Vicente tem dado uma boa resposta em termos de cuidados de saúde.

“O centro de disgnóstico em breve estará a funcionar em pleno, não só a parte de imagiologia, pois no dia 20 deste mês todo o aparelho de Raio X será completamente instalado. Os reagentes para os laboratórios também já chegaram à ilha e, portanto, o laboratório vai ter essa capacidade de responder à demanda dos centros de saúde, e será um grande alívio da pressão que é exercida sobre o hospital”, lançou, reforçando que “os cuidados primários de saúde estão a funcionar” e encontram-se “num bom caminho” em São Vicente.

Questionado sobre a saúde mental dos adolescentes neste contexto de pandemia, numa altura em que se prepara para o arranque do novo ano lectivo, Arlindo do Rosário explicou que o impacto da covid-19 na saúde mental tem sido “muito grande não só nos adultos, mas também nos adolescentes e crianças”.

Por isso o Ministério da Saúde criou um programa de atenção à saúde mental em rede e com informações suportadas pela Linha Verde 800 11 12, com psicólogos, para onde se pode telefonar para ter mais informações.

“Aqui em São Vicente, na área da saúde mental, os centros de saúde cobrem normalmente toda a sua população desde as crianças aos mais idosos, e é um trabalho que deve ser mantido e reforçado, em articulação com o Ministério da Educação para podermos dar maior acompanhamento”.

Instado ainda sobre o aumento de casos da covid-19 nos últimos dias, não só na ilha de São Vicente, mas também nas outras ilhas, o Ministro da Saúde referiu que “era expectável”, tendo em conta que “as medidas são menos restritivas no estado de continência”.

Pelo que defendeu que é a atitude de cada um e a cidadania das pessoas farão toda diferença no enfrentamento da pandemia.

“Esta é uma fase na qual, todos sabemos da covid-19. As pessoas conhecem as medidas preventivas e estamos numa fase de assunção desta pandemia, onde o comportamento do individual e coletivo devem ser assertivos. E quando se fala em comportamento individual, os decretos não chegam, o que funciona é atitude de cada um”, considerou, realçando que a fiscalização tem sido feita dentro dos limites do estado de contingência pelas entidades competentes.

Do encontro de trabalho que manteve com o Delegado de Saúde, o governante disse que recebeu informações de que todos os programas de saúde estão a funcionar bem e que, apesar da pandemia, não houve diminuição dos indicadores relacionados aos programas.

“Falamos da covid-19 e de outras doenças não covid-19, do seguimento dos doentes crónicos, de todo programa alargados de vacinação, inclusive a vacina contra o HPV, que é uma vacina muito importante na prevenção contra o cancro uterino, que está a decorrer muito bem e as meninas de 10 anos estão a ser vacinadas”, afirmou.

Na manhã de hoje, para além do encontro de trabalho com o delegado de Saúde de São Vicente, o Ministro visitou os postos de vacinação nos diversos centros de saúde na ilha.

A visita do Ministro da Saúde vai continuar amanhã com deslocações ao Centro de Diagnóstico da Delegacia de Saúde, visita ao Presidente da Câmara Municipal, inauguração do Centro de Virologia da Delegacia de Saúde, e uma visita à Comunidade Terapia Ocupacional de Ribeira de Vinha.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados