A DNS apela as pessoas com suspeita de covid19 a não irem para hospital, devem ligar para o 8001112

O Director Nacional de Saúde, Artur Correia que esteve acompanhado da Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, durante a conferência de imprensa deste domingo, 19 de abril de 2020, pediu que as pessoas que estiveram em contacto com algum caso positivo especialmente na cidade da Praia, que não procurem nem os hospitais nem nenhuma estrutura de saúde , mas antes, que liguem para o número 8001112, para receberem orientações e evitarem eventual risco de contaminarem outras pessoas caso sejam positivos.

Artur Coreia reconfirmou o surgimento de mais 3 casos positivos de covid19 na cidade da Praia, elevando assim, para 61 o número de casos positivos no país.

Avançou ainda que dos 3 casos confirmados hoje, 2 são casos importados da Boa Vista, pois são profissionais de outro ministério que estavam em quarentena obrigatória a 14 dias depois de terem regressado da Boa Vista. O terceiro caso refere-se a um paciente que foi encaminhado para o Laboratório através dos serviços de urgência do Hospital Agostinho Neto.

Informou que dos casos confirmados todos estão com um quadro clínico estável.

Amostras pendentes:

Cidade da Praia – das 37 amostras de ontem 21 já foram processadas incluindo 18 negativos e os 3 casos positivos confirmados hoje, bem como o contato do caso positivo que tinha-se deslocado a Santa Catarina de Santiago e que deu resultado negativo, sendo que faltam 16 amostras que aguardam resultados dos testes.

Ainda somam mais 15 amostras, que ontem chegaram da ilha da Boa Vista que estão em processamento e mais 19 contactos dos casos positivos da Praia para serem analisados.

Casos suspeitos:

Boa Vista – registou-se 2 casos suspeitos

Tarrafal de Santiago – 1 caso suspeito

Linha verde 800 11 12

O Diretor Nacional de Saúde aproveitou a ocasião para falar da linha verde gratuita criada desde o primeiro momento na luta contra a pandemia, juntamente com a Proteção Civil e a CV Telecom, para apoiar num primeiro contacto a ser feito com os profissionais de saúde na questão do esclarecimento e orientações para casos suspeitos de covid19, e que posteriormente foi alargada para apoios psicológicos. Mas segundo Artur Correia algumas pessoas estão a ligar para a linha 800 11 12 para tratarem de assuntos diferentes tais como queixas policiais e desacatos. Apelou a população para utilizarem a linha verde somente para as questões de covid19 (situações de dúvidas, sintomas, suspeitas ou apoio psicológico).

 O Diretor Nacional de Saúde apelou para que as pessoas que estiveram em contacto com algum caso positivo que não se dirijam para nenhum hospital nem estrutura de saúde, mas que liguem para o número 800 11 12 e que receberão orientações do que fazer, para evitarem o risco de propagar o vírus e contaminar outras pessoas se saírem de casa.

Para a pergunta direccionada a Presidente do Instituto Nacional de Saúde pública, Maria da Luz Lima, sobre a eficácia da comunicação e sensibilização da população para o risco, sendo que ainda verifica-se muitos incumprimentos, Maria da Luz Lima esclareceu que desde muito cedo, dezembro de 2019, o INSP tem estado a trabalhar e passar as informações através de vários meios de comunicação desde materiais gráficos, televisão, rádios, carros de som, sms, redes sociais, sites entre outros. Informou também que o INSP está a terminar dois estudos sendo um estudo CAP para avaliar qual a percepção da população sobre a comunicação e que dará pistas sobre que mensagens ainda precisam ser trabalhadas e um estudo sobre a linha verde.

Informou ainda que os temas retratados são dos mais variados desde medidas de prevenção, distanciamento social, saúde mental entre outros. O INSP sendo a instituição com a missão de gerir a comunicação de risco tem estado em estreita colaboração com vários parceiros institucionais e privados nesta causa.

Pediu mais uma vez que as pessoas não saiam de casa e cumpram com as medidas preventivas como o distanciamento social, a lavagem correta e frequente das mãos e ficar em casa, pois com estas medidas podem proteger a si, a sua família e aos outros.

Assista a conferência de imprensa neste link: https://web.facebook.com/ministeriodasaude.cv/videos/2925590594130306/

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados