Conferência de Imprensa diária sobre COVID19 – 30 de maio de 2020

Neste sábado 30 de maio, o Diretor do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças, Jorge Noel Barreto, e a Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, comunicaram as seguintes informações:

Amostras analisadas: 221 dos dias 26, 27 e 28 de maio. Sendo 203 para fins de diagnóstico e 18 para fins de controlo.

Casos positivos: 16 sendo todos do concelho da Praia referentes aos dias 26 com 3, 27 com 7 e 28 com 6 casos.

Casos suspeitos: há informações que a Delegacia de Saúde do Tarrafal de Santiago tem em investigação 5 pessoas cujas amostras já foram enviadas para realização de testes.

Pessoas internadas: 236 sendo 233 na Praia, 1 no Tarrafal e 2 em Santa Cruz.

Recuperados: entre ontem e hoje 24 pessoas tiveram alta, sendo 12 do Hospital Trindade, 6 dos Hospitais de Campanha (EHTCV) e 6 do Estádio Nacional.

Pessoas em quarentena: não se registou alterações nas últimas 24 horas.

Resumidamente o país contabiliza neste momento, um total de 421 casos positivos acumulados, sendo que a Praia tem 83% dos casos e a maioria ou seja 80% são assintomáticos.

Informou ainda sobre os testes rápidos que foram realizados hoje nas zonas de Santaninha e Tira Chapéu, totalizado 646 testes para pesquisa de anticorpos.

Por sua vez a Presidente do INSP, Maria da Luz Lima, informou que as amostras que estavam pendentes no laboratório de virologia, estes dias, já foram todas analisadas.

Chamou atenção para que a população continue a manter e reforçar as medidas de prevenção e que o INSP também tem estado com equipas de sensibilização porta a porta nos bairros junto às tendas para reforçar o envolvimento comunitário e as medidas preventivas junto das famílias.

Relembrou ainda que amanhã 31 de maio, se assinala o dia mundial sem tabaco e que este produto sendo prejudicial a saúde, o ato de fumar pode aumentar o risco de infeção pelo no novo coronavírus, apelando aos usuários a abandonarem esta prática nocivo a sua saúde.

A Presidente do INSP reforçou ainda o apelo para que as pessoas com doenças crónicas e grávidas, crianças em idade de vacinação e pessoas necessitando de fazer o planeamento familiar devem continuar a procurarem os serviços de saúde para o devido controlo.

Em relação a amostra da grávida evacuada do Sal para São Vicente, esclareceu que a amostra ainda está a ser processada no laboratório de virologia.

Por fim, o DSPCD, Jorge Noel Barreto, esclareceu que enquanto houver vagas de internamento nos hospitais de campanha, o Ministério da Saúde continuará a privilegiar o isolamento institucional das pessoas diagnosticadas positivas para covid-19.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados