Conferência de imprensa sobre a COVID-19, de 31 de agosto de 2020

Conferência de imprensa sobre a COVID-19, de 31 de agosto de 2020

O balanço da evolução epidemiológica da COVID-19 no país, bem como a atualização dos dados relativos a esta segunda-feira, foi feito pelo Diretor Nacional da Saúde, Artur Correia, na habitual conferência de imprensa.

De acordo com as informações avançadas por este dirigente, as amostras analisadas, até às 15 horas deste dia, revelaram os seguintes resultados:

Amostras analisadas: 131, a nível nacional.

Casos positivos: 32, sendo 23 nos Mosteiros, 4 na Praia, 2 em Santa Catarina, 2 em São Filipe e 1 em Santa Cruz.

Casos ativos: 453, dos quais 355 em internamento domiciliar e 98 em internamento institucional.

Casos recuperados: 49 pessoas tiveram alta, nesta segunda-feira, dos quais 34 na Praia, 5 em Santa Catarina, 3 em São Filipe, 2 nos Mosteiros, 2 em São Domingos, 2 em São Miguel e 1 no Tarrafal.

Resumidamente, o país contabiliza, até o momento, um total de 3884 casos acumulados da COVID-19, dos quais 3389 recuperados e 40 óbitos.

O Diretor Nacional da Saúde considerou que, não obstante o novo foco no Concelho dos Mosteiros, que tem trazido alguma preocupação, o país está a atravessar um período de estabilidade, de modo geral.

Relativamente ao número de reproduções (RT), noticiou que o país tem registado, há vários dias, um número em torno de 1.07. Quanto aos concelhos mais afetados pela doença, especificou que dados alusivos ao dia 30 do corrente apontaram a Ribeira Grande de Santiago com um registo de 2.18, Sal com 1.34, Santa Catarina com 1.25, Mosteiros com 1.24 e Praia com um número abaixo de 1.

Em termos de estimativa, a nível nacional, informou que nas últimas quatro semanas foi registada uma média de 309 casos, um mínimo de 187 e um máximo de 381.

A nível dos concelhos, destacou a Praia com uma média de 204 casos, um mínimo de 91 e um máximo de 278. Ainda, no que respeita a este concelho, informou que dados mostram que, neste momento, os bairros mais afetados são Achada Santo António, com 330 casos acumulados, seguido de Tira-Chapéu, Achada Grande Trás, Terra-Branca e Achada São Filipe. 

No que se refere aos Concelhos de Santa Cruz e Santa Catarina, afiançou que dados registados, nas últimas quatro semanas subsequentes, apontam para uma “situação controlada”.

O Diretor Nacional da Saúde fez também o ponto de situação da evolução epidemiológica na Ilha de São Nicolau e informou que, nas últimas quatro semanas, o Concelho de Ribeira Brava registou os seguintes números de casos: 0, 0, 1 e 7, nesta última semana finda. A nível do Concelho do Tarrafal, dados atuais apontam para registo de um “pequeno foco” proveniente de casos importados, mas que a situação está sob controle.

Em relação ao Concelho dos Mosteiros, avançou que os principais focos se encontram nas localidades de Corvo e Relva, e que nas últimas três semanas foram registados os seguintes números de casos, a nível deste concelho: 2, 25 e 20, na última semana finda.

Artur Correia chamou atenção para uma maior responsabilidade da população deste concelho, em particular, e reforçou o apelo para o cumprimento das medidas preventivas, recomendadas pelas autoridades sanitárias, no sentido de se evitar que haja mais propagação do vírus.

Relativamente ao número de doentes em internamento hospitalar, informou que, a nível nacional, encontram-se internadas um total de 21 pessoas, distribuídas em 4 hospitais, sendo: 12 no Hospital Agostinho Neto, 6 no Hospital Regional Santa Rita Vieira, 3 no Hospital Regional São Francisco de Assis e 2 no Hospital Baptista de Sousa.

Quanto ao número de pessoas em internamento domiciliar, notificou que o país regista um total de 355, sendo 235 na Praia, 46 na Ilha do Sal, 32 nos Mosteiros, 7 em Ribeira Brava, 6 em Ribeira Grande de Santiago, 5 em Santa Catarina, 5 no Tarrafal de São Nicolau, 4 na Ilha da Boa Vista, 2 em São Salvador do Mundo, 2 em São Filipe e 1 em Santa Cruz.

No que tange ao internamento institucional, anunciou um total de 98, a nível nacional, dos quais 35 na Praia, 9 em São Domingos, 8 em Ribeira Grande de Santiago, 8 em Santa Catarina, 6 em São Salvador do Mundo, 5 nos Mosteiros, 4 no Tarrafal de São Nicolau e 2 em São Miguel.

Conforme os dados avançados ainda neste dia, por Artur Correia, o país contabiliza um total de 49.805 testes rápidos realizados, até o momento.

Para mais informação siga o link: https://www.facebook.com/ministeriodasaude.cv/videos/313846523020089

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados