Governo assinala um ano da pandemia da COVID-19 no país

(19 de março de 2020 – 19 de março de 2021)

O Governo para assinalar um ano de pandemia da COVID19 no país, realizou nesta sexta-feira, 19 de março, uma mesa redonda intitulada “Um ano da pandemia da COVID-19 em Cabo Verde: lições, desafios e perspetivas”.

O evento que teve lugar na Assembleia Nacional, contou com a presença do Primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva, do Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, do representante da Organização Mundial da Saúde, Hernando Agudelo, Coordenadora Residente do Sistema das Unidas, Ana Graça, dos dirigentes e colaboradores do ministério da saúde e parceiros.

Na sua intervenção o Ministro da Saúde e da Segurança Social adiantou que “hoje faz precisamente um ano que Cabo Verde registou o primeiro caso de infeção pelo vírus SARS-Cov-2 na Ilha da Boa Vista”.

E explicou que é neste sentido que, o governo realizou este evento com intuito de “analisar em pormenor cada etapa, cada vertente, desta luta contra a pandemia do ponto de vista Sanitário, Económico e Social”.

Conforme Arlindo do Rosário, “Cabo Verde neste primeiro ano de enfrentamento da pandemia é marcado também por incertezas, de percalços, de erros inerentes ao processo, próprios de quem percorre um caminho desconhecido, mas que sem dúvidas, um percurso também marcado por muitas vitórias”.

Entretanto o governante realçou que neste percurso de um ano, houve momento que “ficarão para sempre marcados na sua memória”.

O titular da pasta da saúde, aproveitou a ocasião para enaltecer os investimentos no setor da saúde sejam nos recursos humanos equipamentos, infraestruturas que ultrapassam dois milhões de contos, e com isso hoje o Serviço Nacional de Saúde está mais forte, melhor preparado para enfrentar os desafios e dificuldades encontrados pelo caminho, seja a vertente da vigilância e prevenção, na comunicação de riscos, na capacidade laboratorial, no isolamento e tratamento dos casos, no seguimento e avaliação dos impactos físicos e mentais da pandemia.

Concluiu na sua intervenção que em todos os Concelhos de Cabo Verde os profissionais de saúde que estiveram na linha da frente estarão sendo vacinados, assim dando início a um processo que se estenderá para os outros grupos alvos e finalmente para toda a população por forma a que até ao final do ano mais de 70% de população estejam vacinadas, entretanto na mesma linha aproveitou para realçar que o caminho faz-se caminhando com confiança, com Fé, força e determinação.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados