Presidente da República preside cerimónia de lançamento da vacinação dos adolescentes em São Vicente e apela a uma adesão massiva

Numa cerimónia que aconteceu nesta tarde, no liceu Ludgero Lima, e contou com a presença do Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário e do Presidente da Câmara Municipal, Augusto Neves, o Presidente da República José Maria Neves, destacou a importância deste ato dizendo que se trata de algo extraordinariamente importante para o país.

“O Governo consegui mobilizar vacinas suficientes para que os adolescentes sejam protegidos e está cientificamente provado que as vacinas protegem as pessoas. Se conseguirmos vacinar a maioria dos Cabo-verdianos estaremos a reunir as condições para a retoma da economia e o regresso a normalidade”

José Maria Neves apelou aos pais e encarregados de educação, professores, escolas e comunidades para incentivar os adolescentes a vacinação e se conseguir a meta de vacinar cerca de 60.000 adolescentes dos 12 aos 17 anos.

Autoridades nacionais lançam a campanha de vacinação dos adolescentes em simultâneo em vários concelhos do país, como uma demostração de união e convergência de sinergias para o alcance do objetivo comum de vacinar a população Cabo-verdiana e incrementar a retoma da economia e da normalidade.

Um pouco por todo o país, em todos os municípios, nos liceus e nas escolas secundárias do país deu se o ponta pé de saída para que até final de janeiro de 2022 cerca de 70% desta faixa etária esteja vacinada.

Na cidade da Praia, o ato foi presidido pelo Primeiro-ministro José Ulisses Correia e Silva no liceu Domingos Ramos, que apelou adesão a esta campanha porque disse, quanto maior o número de vacinados, maiores são as contribuições para a normalização da vida social e da economia nacional.

Em Santa Catarina de Santiago, no liceu Amílcar Cabral o ato de lançamento da vacinação foi presidido pelo Presidente da Assembleia Nacional, Austelino Correia e do Ministro da Educação, Amadeu Cruz de onde também juntaram a voz para apelar aos pais para apoiarem esta causa autorizando os seus filhos para a vacinação contra a covid19.

Os adolescentes estão sendo vacinados com as 200.070 doses da vacina da pfizer doados pelos Estados Unidos e visa aumentar a franja da população vacinada e poder garantir melhores condições de segurança sanitária e por conseguinte o controlo da pandemia. A vacinação dos adolescentes acontece em duas modalidades, sendo uma nas escolas e nos liceus para os adolescentes que estão no sistema educativo e nos centros e posto de vacinação habitual para aqueles que não estão a frequentar os estabelecimentos de ensino.

A campanha de vacinação dos adolescentes dos 12 aos 17 anos, em Cabo Verde, conta com a parceria de parceiros internacionais como as Nações Unidas, o Banco Mundial, a OMS, a Tui Care Foundation e do Escritório Conjunto da UNICEF, UNFPA e PNUD.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados