Conferência de imprensa de actualização de dados sobre covid19

O Diretor Nacional de Saúde e a Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública em conferência de imprensa na tarde desta segunda, 06 de abril, atualizaram informações sobre covid19 no país avançando as seguintes informações:

Hoje não foram registados casos suspeitos

Para os sete casos suspeitos de São Vicente anunciados ontem, os resultados deram negativo

Os dois casos suspeitos da ilha da Boa Vista anunciados ontem, as amostras devem chegar esta tarde e os resultados podem ser conhecidos amanhã.

A nível nacional só existem pessoas em quarentena domiciliar nas ilhas de Boa Vista e de São Vicente. Sendo que em São Vicente são pessoas decorrente da investigação ligado ao caso positivo da ilha, um total de 129 pessoas em quarentena domiciliar e na ilha da Boa Vista estão somente as pessoas que saíram da quarentena no hotel Riu Palace que continuam em casa sendo seguidos pelas autoridades sanitárias e deve continuar por mais 14 dias a nível domiciliar.

Quanto a quarentena obrigatória existem neste momento na cidade da Praia 222 pessoas, na Boa vista com 200 pessoas no hotel Caramboa e em São Vicente existem 30 pessoas em quarentena obrigatória decorrente da investigação do caso positivo registado na referida ilha.

O Diretor Nacional de Saúde, Artur Coreia fez um reconhecimento a todos os técnicos de laboratórios, biólogos, ajudantes de serviços gerais que tem um papel muito importante em todo o processo e a todos os corpos de bombeiros que tem apoiado no transporte dos casos suspeitos nas ilhas onde tem surgido.

A Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Lima, aproveitou a ocasião mais uma vez, para reforçar as medidas de prevenção como distanciamento social e não realização de festa e participação em funerais recomendando que neste momento devido ao problema de saúde pública do risco de propagação de covid19, as pessoas devem limitar as visitas e optarem por faze-las através de telefones e internet. Apelou as pessoas para a continuação do cumprimento de lavagem das mãos frequentemente, respeitar as distâncias mínimas e as demais recomendações que tem sido informadas.

Quanto a questão que foi publicada por um jornal da praça que o país já tinha registado um caso recuperado, o Instituto Nacional de Saúde Pública esclareceu que ainda não se pode considerar o caso cujo primeiro resultado de teste deu negativo, pois para se considerar caso recuperado existem outros critérios que devem ser cumpridos. Por isso ainda não se registou nenhum caso de covid19 recuperado em Cabo Verde.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Artigos Relacionados